Postagens Recentes

E esse é um post para pessoas fashions, descoladas e que adoram um sonho de consumo.
Afinal quando falamos de Disney, esse mundo é repleto de produtos que seguem pelo mundo da moda e beleza e deixam todos eufóricos para conseguir um itenzinho que quase nunca chega ao mercado brasileiro e só ficam a venda na terra do Tio Sam.
Alguns são fáceis de se ter, mas outros requerem um pouco mais de dedicação para serem achados e tempo ($$$). rs

Vamos aos nossos 8 produtos?

1- Linha Disney Coach


Esse é o Must Have do momento
A linha de bolsas e acessórios da Coach inspiradas no Mundo Disney são de cair o queixo.
Quanto a comprar, você vai precisar um pouquinho mais de tempo ($$$).
Pois para nós brasileiros ainda é um pouquinho salgado o preço.
A linha já está a venda nas lojas americanas e parece que alguns itens irão chegar nas lojas brasileiras também.
Preço?
Uma tag de mala de couro está a US$65 e a bolsa transversal US$495.


2- Linha Minnie da Sephora


Quando saiu essa linha eu quase surtei e precisei correr para garantir a minha paleta de sombras (que por sinal é ótima).
Além dos produtos com o selo Sephora que já conhecemos, juntou a fofura da ratinha mais linda desse mundo.
Os produtos foram muito bem pensados com um design lindo e cabem em nossos bolsos. :)
Os batons custam US$15 e a paleta de sombras US$45.


3- Linha Disney Vans


E a marca queridinha dos adolescentes brasileiros, abraçou de vez as novidades e a linha Disney.
A Vans gostou tanto da idéia que não limitou somente a linha infantil esse mundo de imaginação e acabou lançando uma linha inteira para adultos também.
Os produtos, que vão além dos sneakers e tênis, tem estampas dos personagens clássicos e também de filmes Disney.
A linha infantil tem tênis a partir dos US$37 e a linha adulto a US$60.


4- Linha Pandora Disney

Ai ai ai... essa linha Pandora...
Essa enlouquece todas as mulheres e causam um comoção até em Orlando numa busca incansável para aquele charm que está esgotado.
O sucesso é tanto, que tem até uma loja específica dentro do Magic Kingdom para pirar as mulheres de plantão.
Entrar em uma loja Pandora e não sair com um charm Disney, é quase algo impossível.
Então cuidado para não ter que deixar um rim na loja :)
Os preços dos charms variam. E quem pensa que só tem a pulseira, se engana.
Há cordões, anéis e etc...
Um charm pode custar a partir de US$50.


5- Linha Dooney & Bourke


Essa é uma linha que eu piro totalmente.
E o grande problema é que sempre tem coisas novas.
As bolsas são um acontecimento a parte e os temas de personagens, parques, Disney Vintage, Hidden Mickey e os comemorativos são um acontecimento.
A cada lançamento de coleção já sinto uma pontada no meu bolso.
Uma bolsa tote custa em torno de US$268 e dentro do Hollywood Studios tem uma loja completinha com todos os modelos. :)


6 - Linha Alex and Ani

Sabe aquela foto maravilhosa que já virou padrão nos parques de um mix de pulseiras cheias de balangandãs com personagens e lindas frases Disney na frente do castelo?
Com certeza essas pulseiras são da Alex and Ani.
Com várias opções e temáticas, elas pegaram no mercado americano e há que ostente mais de 10 pulseiras num braço só.
A idéia é ter mais de uma e montar a sua história Disney com elas. :)
E você pode começar a montar o seu mix de pulseiras com uma mais básica a partir de US$39.95.


7-  Linha Disney de Echarps e Cachecóis

Toda vez que vou ao Hollywood Studios, dou uma paradinha na Keystone Clothiers e fico namorando as Echarps da linha Disney.
São tão lindas e podem compor e dar aquele toque divertido numa roupa mais simples.
Se você está esperando coisas espalhafatosas e cores berrantes, esquece! A linha Disney de Echarps tem um extremo bom gosto e vão mais para a linha fashion. :)
É bem capaz de você estar usando uma echarpe Disney e as pessoas não perceberem de tão lindas e  discretas que são.
Você pode adquirir a sua a partir de US$21.95



8 - Linha Disney Bulova

Todos conhecem os relógios Bulova, que são sinônimo de classe e bom gosto.
Mas quando a tradição do Bulova, se junta a mágica Disney, o resultado não poderia ser diferente.
Uma linha de sonhos e muito glamour para os aficionados Disney. :)
Os relógios podem ser encontrados a partir de US$250.00 com modelos femininos e masculinos.


Gostou?
Quer adicionar mais algum produto a nossa lista Must Have Fashion?


por Ana Elisa Igel 
Atualmente, preparar uma viagem ficou muito mais fácil do que na época que não tínhamos a internet. 
Hoje é rápido, há várias opções de pacotes, hotéis, empresas de aluguel de carros, etc. 

No entanto, é preciso planejar bastante e reservar hotéis, aluguel de carros, restaurantes, etc.
Em nosso último post, falamos sobre reserva de mesa em restaurante.
Hoje vamos falar sobre a sua chegada no hotel, depois de toda a reserva feita.
Vamos lá?!
Você chega no hotel e vai direto ao front desk (recepção):
Diga que tem uma reserva:             I have a reservation.
O atendente deve pedir algumas informações suas:
- What’s your last name?             Qual é seu sobrenome?
(Aqui é importante você não só falar seu último nome, como também soletrá-lo para que não haja erros de digitação e que não diferencie do nome gravado no seu cartão de crédito)
- Can I have your passport, please?             Poderia me mostrar seu passaporte, por favor?
Algum tipo de documento – normalmente o passaporte é suficiente – você precisa apresentar como forma de identificação com foto.
Algumas confirmações da sua reserva podem ser checadas pelo atendente, e algumas palavras-chave podem aparecer, tais como:
- your reservation is for (three / four / five, etc.) nights, right?
- Smoking / non-smoking room             (quarto para fumante ou não-fumante)
- Here’s your key!             Aqui está sua chave
- Room (number)             Número do quarto.
- Enjoy your stay!             Tenha uma boa estada.

E, ao chegar no quarto, você pode perceber que algo está faltando, como por exemplo, café para tomar. Depois de uma longa viagem, as pessoas querem relaxar ... às vezes gostam de um café! Alguns hotéis oferecem café sem custo (complimentary); então, qualquer tipo de solicitação que você queira fazer, você pode simplesmente usar a expressão “Can I have .....?”, da mesma forma que o atendente pediu para ver seu passaporte quando você chegou ao hotel.
Veja alguns exemplos:
 Can I have some coffee, please? (posso tomar um café?)
 Can I have something to eat? (posso pedir algo para comer?)
 Can I have some bath towels, please? (poderia me arrumar toalhas de banho?)
Embora eu não tenha colocado ‘please’ em todos os exemplos, é sempre bom – nunca é demais – usar o ‘please’ no final da pergunta, e agradecer com um “thank you”. Dessa forma, você sempre será bem atendido no hotel, além de sempre ter sua cama bem arrumadinha e esticadinha depois de um dia de viagem, de trabalho e de muito passeio.
 Assista esse vídeo e veja como é fácil.

E aí, pessoal, estou aguardando sugestões de vocês para aumentar a lista de tópicos para escrever.
Se quiserem, mandem um email direto para mim para anaigel@englishprivate.com.br
Até o próximo post!!!!!!

 Ana Elisa Igel 

Para conhecer mais do trabalho da Ana Elisa Igel acesse o link 

Já algum tempo, tenho recebido várias perguntas de como imigrar para os EUA.


Então comecei a me aprofundar sobre os tipos de vistos possíveis para uma mudança legal.

O meu primeiro passo foi ir ao evento que ocorreu no ano passado  e que foi realizado pela Câmara de Comércio da Central Florida aqui em São Paulo.
Com isso algumas outras opções além das que eu já conhecia como o EB5 (investidor) começaram a me fazer crer que é possível sim morar legalmente nos Estados Unidos.

Nesse meio tempo, vários amigos acabaram se mudando e a curiosidade foi crescendo ainda mais.
E foi aí que vi que há um mundo enorme de possibilidades. 
E tudo depende da sua formação, tempo de trabalho e etc...

Para explicar um pouco tudo que me atiçou e animou, veio o Leonardo Freitas da Hayman- Woodward, que apesar do nome não é meu parente, e é um profissional super qualificado e que abriu ainda mais o meu mundo de possibilidades.

Baseado, no que me chamou a atenção, ele se dispôs a responder algumas perguntas que tenho certeza que também irá acender um luz para quem quer realizar a sua mudança com toda segurança.

As perguntas respondidas são simples e abrangentes. E visam esclarecer os principais pontos de dúvidas de nós brasileiros.
Como dupla cidadania, visto de estudante, visto de investidor e mercado de trabalho.

Com vocês, Leonardo Freitas da Hayman-Woodward 

Quais são os vistos mais aplicados pelos brasileiros quando pensam em morar nos Estados Unidos?
Leonardo Freitas: Por ordem de pedidos: os de não imigrante/temporários o visto L-1A (transferências de Executivos), e o visto E-2 Investidores (abaixo de $100,000.00) para os que possuem outras nacionalidades de países de tratado com os Estados Unidos, como Itália, Espanha e França. Dos vistos permanentes (Green Card), a categoria EB-1 (habilidade extraordinária) e EB-2 National Interest Waiver, para os profissionais que atuam a mais de 10 anos nas áreas de interesse nacional como medicina, física, economia, matemática, tecnologia da informação, engenharia, geologia, biologia, zootecnia, agronomia, contabilidade, administração, advocacia, arquitetura, jornalismo, turismo, educação física, letras e belas artes.

Quais são os prós e contras de se usar o visto de estudante?
Leonardo Freitas: Visto de estudante vem sendo muito abusado ou usado erroneamente, com a intenção de burlar os trâmites imigratórios dos Estados Unidos. Em muitos casos a intenção geralmente até é boa, por parte dos que o solicitam. Mas as autoridades americanas já estão bem alertas em relação a isso já não é de hoje. A probabilidade de negação de um visto de estudante, para os que simplesmente querem fazer um "cursinho de inglês", é bem grande. Os Estados Unidos buscam conceder vistos de estudante para aqueles que realmente querem aprimorar seus conhecimentos e fazer uma graduação acadêmica, uma pós-graduação ou MBA. Se a intenção da pessoa é morar nos Estados Unidos, existem maneiras totalmente legais e economicamente viáveis para que se tenha o visto apropriado pra que se possa residir no país. Portanto, não recomendo o uso indevido do visto de estudante sem que outras opções sejam exploradas a fundo em conjunto com um advogado de imigração que é o profissional especializado e credenciado pelo governo americano para esse tipo de aconselhamento.

Profissionais qualificados têm mais chances na obtenção de vistos?
Leonardo Freitas: Sem dúvida. Os Estados Unidos buscam pessoas qualificadas com experiência de no mínimo 10 anos em suas áreas de atuação, com ao menos 5 anos de pós-bacharelado, MBA ou mestrado.

Ter dupla cidadania é um facilitador?
Leonardo Freitas: Sim. Alguns vistos como o E-2 de investidor abaixo de $100,000.00 só são concedidos para detentores de nacionalidades com tratados com os Estados Unidos, tais como Espanha, Itália, França, Alemanha, Áustria, Irlanda, Argentina, Paraguai, Colômbia, etc.. Alguns países como Portugal, Hungria, Uruguai não fazem parte deste tratado. A lista dos países pode ser encontrado no site do Departamento de Estado dos Estados Unidos em https://travel.state.gov/content/visas/en/fees/treaty.html

Quais as principais diferenças na relação de trabalho vigente entre o Brasil e os Estados Unidos?
Leonardo Freitas: Na maioria dos estados americanos não existe contrato de trabalho entre empregado e empregador. Existe um acordo de vontades (At-Will Employment) entre as partes. Enquanto uma das partes estiver disposta a empregar/trabalhar, o contrato é vigente. Não existe aviso prévio. O fundo de garantia, seguro desemprego e demais contribuições são retirados mensalmente da conta do empregador no momento do pagamento dos salários. Assim diminuindo o risco de fraudes por parte dos empregadores, e assegurando os direitos dos trabalhadores. Em caso de renúncia por parte do trabalhador, este não pode acionar o seguro desemprego. Não existe carteira de trabalho ou limitação de quantos empregos ou fontes de renda laboral o contribuinte possa ter, salvo se forem contrárias às políticas de uma das empresas as quais o trabalhador esteja empregado. Neste caso, geralmente, os empregadores solicitam que seja informado como objetivo de verificar algum possível conflito de interesses. A não informação por parte de empregado, pode acarretar em término do vínculo empregatício. Outra característica são as férias mais curtas, apenas duas semanas por ano, somente após 12 meses consecutivos de trabalho. Porém existem dias de folga pagos em folha, relacionados à perda de parentes, doenças, e, muito comum na Califórnia, o uso de dias pessoais, geralmente seis por ano.

Leonardo Freitas é o  principal executivo e fundador da Hayman-Woodward.


Um empresário com mais de 25 anos de experiência em relações governamentais, desenvolvimento de negócios nos Estados Unidos, bem como em mercados emergentes, com foco na América Latina e na Ásia. Freitas atuou como executivo sênior de desenvolvimento de negócios para empresas como Philips, AT&T e Cisco Systems, com um histórico notável. Sua habilidade natural para avaliar o comportamento humano o levou a tornar-se instrutor certificado no Sistema de Codificação de Ação Facial (FACS), técnica desenvolvida na Universidade da Califórnia, San Francisco (UCSF) pelo renomado psiquiatra e cientista comportamental Dr. Paul Ekman. Aprofundou seus estudos em Ciências do Comportamento na Universidade de Melbourne, Austrália. Com sua notável habilidade, desenvolveu um trabalho atuando junto a agências de inteligência em investigações especiais durante mais de uma década no Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos.Fundou a TradeSmart em 1996, que em 2003 tornou-se Hayman-Woodward, atuando no desenvolvimento do comércio internacional e de negócios, incluindo serviços de expatriação. Fala Inglês, Português e Espanhol como um nativo, e também é fluente em francês e italiano.

A Hayman-Woodward é uma empresa global com profissionais altamente especializados e oferece serviços de consultoria pessoal e empresarial com foco em desenvolvimento de negócios incluindo expatriação de profissionais e suas famílias com um trabalho criterioso, oferecendo as melhores soluções indicadas para cada perfil de cliente, dentro de uma gama extensa de opções de vistos. Ajudar os clientes a tornarem-se empresários e executivos de alto desempenho construindo valor além das fronteiras do Brasil é um dos principais valores da Hayman-Woodward, assegurando que os clientes continuem a ter sucesso no novo mercado de sua escolha.
A clientela da Hayman-Woodward é formada por profissionais e executivos com as mais diversas formações e experiências profissionais, incluindo desde pequenas empresas a companhias listadas entre as maiores e mais importantes do mundo no ranking Fortune 1000. Com escritórios nos Estados Unidos, Canadá, Ásia, Europa e América Latina, a Hayman-Woodward oferece a mais completa consultoria e serviços para ajudar seus clientes a maximizar o seu retorno sobre o investimento em vários mercados em todo o mundo.

Para saber mais sobre a Hayman-Woodward e como é possível se mudar legalmente para os Estados Unidos acesse http://haymanwoodward.com

:)

Participe do nosso grupo no Facebook Disney4you e fique por dentro de todas as dicas para os parques e cidade de Orlando.




Orlando4You

{facebook#https://www.facebook.com/orlando4you} {twitter#https://twitter.com/Orlando4youBR} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/113362555068874847682/posts} {pinterest#https://www.pinterest.com/o4you/} {youtube#https://youtube.com} {instagram#https://instagram.com/orlando4youbr/}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget