Postagens Recentes

E depois de muito trabalho, está saindo do forno a primeira edição da Florida4U.


A Florida4U, é uma revista bimestral, digital, gratuita e com uma linguagem totalmente diferente, baseada mais na prosa, em vivencias pessoais e Blog.
A ideia é sair do tradicional e entrar no ambiente de linguagem simples e mais próxima que tem conquistado pessoas do mundo inteiro.

Nessa primeira edição, contamos a viagem que fizemos de Motor Home (ou RV) pela costa da Florida, contando detalhes dos campings, praias, cidades, gastronomia e etc...

Embarque conosco nessa viagem.

LEIA AQUI

Até a próxima edição em agosto. :)

Por Dayse Campos
Você já pensou em fazer uma Road Trip entre estados Unidos e Canadá?
Vou dividir nossa recente experiência com vocês...

Bem, para fazer uma viagem dos Estados Unidos ao Canadá, a primeira coisa que você terá que fazer o eTA, caso ainda não tenha. Como as regras podem mudar e para não desatualizar o post, aconselho entrar direto no site aqui  e se informar sobre o processo de concessão do visto canadense. 
Não esqueça de conferir a validade do seu passaporte, que deve ter sempre no mínimo, 6 (seis) meses de validade até o final da sua viagem. Aproveite também para solicitar a sua PID (Permissão Internacional para Dirigir) e traga junto com a sua habilitação.
Com o visto canadense nos passaportes, precisávamos decidir se iríamos de avião ou de carro até Ottawa/ON. Avaliando o tempo de viagem entre os dois, partindo aqui da Pensilvânia onde moramos, decidimos ir de carro, já que de avião o tempo total de viagem entre translado e escala, seria no mínimo de 7:30h e de carro, faríamos no tempo mínimo de 6:30h, podendo apreciar a paisagem e ir parando, além de poder levar muito mais bagagem, o que conta muito em uma viagem com filho pequeno e em pleno inverno americano e canadense, que as roupas usadas são mais pesadas e tem muito mais volume. Decidimos então, ir de carro.
Se você for fazer esta viagem no inverno, sugiro alugar um carro modelo SUV 4X4, para ter mais segurança nas estradas, caso precise dirigir algum trecho com neve ou encontre algum trecho de pista congelada. Aconselho também, ler sobre dicas de direção nestas condições, para conhecimento e prevenção, não se assuste, já adianto que as estradas são excelentes tanto no lado americano, como no canadense, falarei mais sobre isso a diante.
Ainda sobre o aluguel do carro, preciso dizer que o aluguel nos Estados Unidos é muito barato e o combustível também, porém, se você for devolver o carro no Canadá, pagará uma taxa bem alta, cobrada em caso de devolução em outro país. O aluguel de carro em uma viagem de ida e volta, sempre sairá mais barato, ok?
O roteiro que fizemos é quase o mesmo partindo de Nova York, já que moramos a duas horas de lá, a diferença é que enquanto fizemos um trecho da viagem pela 476 até chegarmos na I-81, saindo de NY, seu percurso seguirá pela I-80, pegando um trecho da 380, até chegar na I-81.
 A partir daí, o caminho será o mesmo até Ottawa, conforme o mapa.







Como disse anteriormente, as estradas são excelentes, tanto no lado americano como no lado canadense.
No lado americano, você encontrará três, quatro pistas em quase todo trajeto. A velocidade gira em torno de 65/70 milhas e todo percurso é muito bem sinalizado e você encontrará telefones de emergência ao longo do caminho, além de encontrar vários pontos de ‘Service Areas’, com postos de conveniência e diversas opções de alimentação (Burger King, Starbucks, etc.), além de “Wi-fi” liberado.
No lado canadense, as pistas são mais simples, por ser um país menor e com menos tráfego, porém com pistas de excelente qualidade e conservação. Uma das boas impressões que tive, pela minha experiência morando aqui onde neva, é que eles são mais preparados e as estradas e ruas, mesmo com neve, são melhores para dirigir.
No inverno, quanto mais se aproxima do Canadá, você verá neve por todo lado, menos na pista. Dependendo do clima no dia da sua viagem, poderá acontecer alguns momentos de neve ou chuva e a atenção deve ser redobrada.
Nós pegamos muita chuva na ida e em um ponto, pegamos um trecho da estrada congelada. O chamado “Black Ice” ou gelo negro, onde o asfalto fica congelado. Este é o maior perigo de dirigir nesta época. O carro perde muito fácil a estabilidade e aconselho assistir vídeos de como dirigir nestas condições.
Na volta, pegamos um trecho com neve e além da velocidade reduzida, pouca visibilidade, foi muito tranquilo.
A velocidade no lado canadense gira em torno de 60 e 100 Km/h e não se preocupe, que o GPS atualiza as medidas automaticamente, assim que você cruza a fronteira. Neste lado, há “Grooving lateral”, se você sai um pouco da estrada e invade o acostamento, o grooving cria um barulho mais intenso. Você encontrará também as “Text áreas”, que são refúgios para descanso ou para utilizar o celular (ao longo do trecho, há várias campanhas para não mandar SMS enquanto estiver dirigindo).
No total, pagamos em torno de US$ 20 de pedágio entre ida e volta. Acredito que saindo de NY, esse valor sea um pouco mais alto, já que logo na saída de NY, existe um pedágio com valor alto.
A passagem pela Fronteira dos dois lados, foi tranquila e rápida. Passamos primeiro pelas cabines, estilo pedágio, ainda dentro do carro foram feitas as perguntas de sempre, de onde vem, para onde vai, motivo da viagem, tempo, recolheram os passaportes, verificaram fotos, visto e dos dois lados pediram que seguíssemos com o carro até algumas vagas para estacionar em frente ao prédio de imigração, descêssemos e fossemos para entrevista pessoal com um agente de imigração. Foi tudo muito rápido e fomos muito bem tratados dos dois lados.




Antes das Fronteiras de cada país, tem um Duty Free e as regras de compras, são as mesmas de uma viagem aérea. Se quiser fazer algumas compras, aproveite. Ali também você poderá ir ao banheiro, fazer um lanche e curtir a paisagem.










Concluindo... Se você gosta de viajar de carro e tem vontade de fazer este trecho Estados Unidos/Canadá, vale muito a pena.. É uma experiência única. As paisagens são lindíssimas e a relação custo x benefício é indiscutível. Acredite!!


 Dayse Campos
:)

E um enorme Vulcão surge no meio da paisagem da I4 (estrada que corta Orlando) chamando a atenção de todos que passam.


O Volcano Bay, novo parque aquático do complexo Universal, abrirá suas portas no dia 25 de maio desse ano e promete um misto de adrenalina e relaxamento.

Para a operação, uma nova tecnologia será implantada trazendo a Tapu Tapu aos visitantes.

Mas o que é a Tapu Tapu?
Uma pulseira a prova d´agua que será a sua vida no parque.
Com o Express (fura fila) e algumas surpresas interativas.
Essa será retirada na entrada do parque e devolvida na saída e dará detalhes de tempo de fila e etc...



O parque terá uma grande estrutura e se dividirá em 4 áreas.


O Vulcão
No coração da ilha, encontra-se o poderoso vulcão Krakatau. Erguendo-se a mais de 60 metros sobre a paisagem tropical. Durante o dia, o vulcão Krakatau despeja água de suas refrescantes cachoeiras e durante a noite, apresenta os efeitos de lava ardente. 

Krakatau Aqua Coaster
Como um Waturi, você pode experimentar a poder do Krakatau nesta incrível atração. Quatro aventureiros deslizam em uma canoa pela névoa em rápidas curvas pela escuridão de dentro do vulcão, antes de ser lançado para fora de uma enorme cascata. 

Ko’okiri Body Plunge
Participe deste ritual milenar, caso contrário o deus vulcão, Vol, pode ficar irritado. Junte-se a tribo Waturi e mergulhe em uma queda de 70 graus de inclinação, por 38 metros de altura. É adrenalina pura que termina em uma maravilhosa piscina de águas cristalinas. 

Kala & Tai Nui Serpentine Body Slides
Aqui o céu e o mar se encontram. Você e seus amigos darão um salto de fé juntos, lá do alto do vulcão, seguindo as tradições Waturi. Os toboáguas lançam duas pessoas ao mesmo tempo. No final, um encontro com as águas mais cristalinas da região. 

Punga Racers
Atração favorita entre as crianças da Tribo Waturi, a Punga Racers coloca sua habilidade em prova ao deslizar com suas esteiras por quatro toboáguas em cavernas subterrâneas.

Wave Village
Esse refúgio tem uma incrível vista para as águas cristalinas da praia Waturi, que fica aos pés do poderoso Vulcão. 

Waturi Beach
A praia de Waturi tem as mais perfeitas e quentes ondas. Você pode nadar, mergulhar e se esbaldar nas águas cristalinas desta lagoa reluzente aos pés do poderoso Krakatau.

River Village
Aqui, tem diversão e atrações para todas as idades, principalmente para os pequenos Waturi. 

Honu ika Moana
Assim como os antigos Waturi surfavam em cima de amigáveis tartarugas marinhas e baleias, você e seus amigos podem curtir esses dois emocionantes toboáguas. Honu mostra sua força, enquanto ika Moana se diverte molhando os viajantes. 

Tot Tiki Reef & Runamukka Reef
Os mais jovens podem brincar em pequenas descidas e jatos d’agua na área infantil de Tot Tiki, enquanto Runamukka deleita crianças mais velhas, com seus gêiseres borbulhantes, pistolas de água e escorregadores. 

Kopiko Wai Winding River
Um tranquilo passeio pelo Kopiko Wai Winding River. Jatos de água surgem por entre as rochas vulcânicas e a Caverna do Stargazer revela um céu mágico estrelado hipnotizante.
Rainforest Village
Rainforest Village se estende ao longo das margens de um rio cheio de ação, apresentando a combinação perfeita de relaxamento e aventura. 

Ohyah & Ohno Drop Slides
Mostre aqui, todo o seu espirito Waturi. Suba por um enorme penhasco antes de encarar as agitadas águas deste fantástico toboágua de Ohyah até cair na piscina a 1.20m de altura. Você terá direito de se vanglorizar depois de atravessar a ponte de cordas e enfrentar Ohno, uma aventura cheia de curvas. Não esqueça de gritar seu grito de guerra quando cair a 1.8m de altura na piscina. 

Maku Puihi Raft Rides
Pronto para se aventurar nos túneis de lava Maku Puihi? Esta atração para seis pessoas é uma das favoritas das famílias Waturi, mas não é para qualquer um. Escolha um dos dois caminhos, ou quem sabe, encare os dois. O importante é estar pronto para a diversão. Puihi te leva por um escuro túnel sinuoso antes da emoção tomar conta e da gravidade chegar a zero. Maku segue por um desfiladeiro vulcânico antes de girar em volta de formações incríveis. 

TeAwa The Fearless River
Se você gosta de aventura, aqui é o lugar. Faça um passeio emocionante por águas cristalinas, atravesse uma enorme corredeira e tome cuidado com as ondas, elas ficam agitadas a qualquer momento. 

Taniwha Tubes
Os ancestrais da tribo Waturi veneravam tanto as árvores Puka que, além de cultivá-las em um lugar especial, construíram quatro toboáguas inspirados em suas raízes, os chamados Taniwha. Qualquer um pode se aventurar. Mas cuidado, as estátuas de tiki gostam de esguichar água nos visitantes quando menos se espera. 

O Volcano Bay promete ser o nº 1 dos aquáticos em Orlando e os ingresso já estão a venda.

:)

Orlando4You

{facebook#https://www.facebook.com/orlando4you} {twitter#https://twitter.com/Orlando4youBR} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/113362555068874847682/posts} {pinterest#https://www.pinterest.com/o4you/} {youtube#https://youtube.com} {instagram#https://instagram.com/orlando4youbr/}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget